Edécio Lopes: um ícone da cultura alagoana, nordestina e brasileira

Neste carnaval, nós alagoanos (nordestinos e brasileiros também) temos que reverenciar a memória dos que contribuíram para a cultura do nosso Estado. Neste aspecto, poucos fizeram tanto quanto Edécio Lopes, pernambucano de nascimento, mas alagoano de coração.

Durante várias décadas, dedicou-se a difundir a cultura alagoana, em especial através de seu programa matinal de rádio “Manhãs brasileiras”. Lembro que durantes vários anos, quando fazia o trajeto Ponta Verde-UFAL (que, com o trânsito, demorava um bocado), acompanhei o programa do Edécio, sua leveza, bom humor, suas entrevistas e músicas que só lá se ouvia,

Para quem não sabe, Edécio também era um ótimo compositor, especialmente de frevo. Ele nos brindou com excelentes músicas, dentre as quais destaco Cidade Sorriso, um hino a sua Maceió.

“Subi a ladeira do Farol
Fiquei no mirante a olhar
Os raios dourados do sol
No azul imenso do mar.

Olhei a cidade sorriso
E vi Maceió tão feliz
Mostrando tanta riqueza
Ao povo desse país

Eu vi, eu vi, eu vi, eu vi
Vi tanta coisa boa
Vi um mundão de lagoa
Um barco a deslizar

Eu vi, eu vi, eu vi, eu vi
O Trapichão enfeitado
O CRB no gramado
Jogando com o CSA

Eu vi, eu vi, eu vi, eu vi
Jatiúca, Pajuçara, Ponta Verde, jóia rara. Avenida, Jaraguá
Depois de ver coisas tantas, vi afinal de contas,
Terra mais linda não há”.

http://www.edeciolopes.com.br/

http://www.bairrosdemaceio.net/musicas/player.php?Id=19&Tipo=Musica&Clique=Sim