Importando ideias e projetos IV. Sightseeing-bus em Maceió

Sempre que viajo ao exterior, e estou visitando uma cidade pela primeira vez, costumo recorrer aos ônibus estilo “sightseeing bus”, que são aqueles modelos de primeiro andar, abertos em cima, onde você pode parar, descer e subir de novo na parada que você desejar. Perdi as contas das cidades que conheci de cima destes ônibus, ouvindo os comentários sobre os pontos turísticos em auriculares (áudios individuais), tirando fotos, descendo onde queria, demorando o quanto desejava, etc.

Sei que no Brasil este sistema havia sido implantado em Salvador (http://www.salvadorbus.com.br/)

Aqui em Maceió, ano passado, vi um desses ônibus circulando. Era um só. Não sei o que aconteceu. Também lembro que muitos anos atrás, existiam ônibus “jardineira” circulando pela orla da cidade.

Duas perguntas terão que ser feitas: a) há demanda; b) qual seria a rota.

Quanto à demanda, creio que, diferentemente do que ocorre em outras partes do planeta, não seria possível o turista descer e pegar outro ônibus 15 minutos depois. O número de viagens diárias teria que ser reduzido. Poderia haver paradas obrigatórias, uma rápidas (como no Mirante de São Gonçalo), outras mais demoradas (como na praia do Francês). O ônibus poderia sair todos os dias na alta temporada e três vezes por semana na baixa.
Acho que há demanda porque todos os dias os turistas fazem city-tour nos ônibus fechados e em vãs que circulam por nossas praias.

Quanto ao roteiro, o ônibus teria um ou dois pontos de saída, para recolher os turistas (um poderia ser na Ponta Verde e outro na Pajuçara). Passaria pelas praias urbanas de Maceió, Jaraguá, Centro (Catedral, Palácio dos Martírios, etc), Farol (Mirante de São Gonçalo) e Pontal da Barra, com explicações no áudio (em várias línguas, pelo menos português, inglês e espanhol). Também passaria por Massagueira, Praia do Francês (parada para banho na ida), Gunga (com parada no Mirante) e Barra de São Miguel (parada para banho na volta).

Haveria uma saída pela manhã (9 horas) e outra pela tarde (14 horas). Assim, quem, do ônibus da manhã, quisesse ficar nas praias curtindo mais tempo, pegaria o ônibus da tarde para voltar.

Com apenas um ônibus daria para começar (já que o da manhã é o mesmo da tarde). E então, quando teremos este sistema funcionando em nossa cidade?

Anúncios