Quem tem produzido mais filmes? E quem tem mais salas de cinema?

Vejam a resposta à primeira pergunta:

“Proporcionalmente, porém, a produção de longas-metragens na Argentina é bem mais significativa. Os dois países lançam por ano nos cinemas cerca de 100 filmes locais, mas a economia brasileira é cinco vezes maior, assim como o número de habitantes”.

Em relação ao número de salas de cinema:

“Na América Latina, o México é o grande modelo de negócio – o país tem o maior parque exibidor, com 5,1 mil salas , e o maior faturamento, com US$ 788 milhões em 2011. O Brasil vem em segundo lugar, com arrecadação próxima – US$ 758 milhões –, mas muito atrás em salas, cerca de 2,5 mil, o que comprova o potencial de mercado. A comparação com a Argentina parece quase injusta: os “hermanos” tem 900 cinemas e deixaram US$ 235 milhões nas bilheterias no ano passado”.http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/cinema/2012-07-12/cinema-na-america-latina-argentinos-produzem-mais-mas-assistem-menos.html

Se a população e a economia brasileira são cinco vezes maiores que as da Argentina, 900 cinemas vezes 5 corresponderiam a 4500 salas. Assim, mais uma vez, proporcionalmente, os argentinos levam vantagem. O mesmo se diga em relação ao faturamento.

Evidentemente, estes dados em nada dizem sobre a qualidade dos filmes, o que, por sua vez, é algo subjetivo.

Anúncios