Reconhecimento internacional à capacidade de três jovens alagoanos

Quem acha que precisa de mais motivos, além das belezas naturais, para se orgulhar de Alagoas e de seu povo, ofereço um primeiro motivo:o aplicativo Hand Talk, que traduz texto, som e imagem para a linguagem de libras (dos surdos), criado por três alagoanos, foi eleito o melhor do mundo pela ONU, na categoria inclusão social.

Os alagoanos em questão são Ronaldo Tenório, Carlos Wanderlan e Thadeu Luz. Mais do que lher dar os parabéns, devemos reconhecer de público seu grande feito: em um Estado pobre, com grande dificuldade para educar seu povo, uma iniciativa saída desta terra consegue ganhar o mundo, e mais, ser escolhida a melhor de seu gênero em todo o planeta. E mais, o aplicativo é de alta relevância social, permitindo a inserção de segmento tradicionalmente excluído da sociedade.

Sobre a disputa, que ocorreu em Abu Dahbi (Emirados Árabes):

“Considerado o Oscar da tecnologia móvel, o WSA-mobile contempla e promove os projetos com melhores conteúdos e aplicativos on-line em diversas categorias. Entre os 435 projetos de 102 países inscritos gratuitamente no prêmio, o Hand Talk e o MyFunCity são os únicos representantes brasileiros na disputa. A escolha do melhor app aconteceu através de votação no site da WSA”.

Quanto ao aplicativo:

“O aplicativo tem o objetivo de oferecer aos deficientes auditivos traduções simultâneas para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), e ainda está em fase de desenvolvimento.

Criado com base em tecnologia 3D, o Hand Talk apresenta Hugo, um boneco que funcionará como interlocutor entre o app e seus usuários. Desenvolvido após estudos em linguagem corporal realizado por seus criadores, o Hugo permitirá que os deficientes auditivos selecionem as informações em texto, som e imagem que serão traduzidas para a linguagem de libras”.

http://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2013/02/aplicativo-alagoano-hand-talk-e-eleito-o-melhor-do-mundo-em-concurso.html

Certamente este é a primeira de muitas outras conquistas que estes três jovens alagoanos vão alcançar. Um orgulho para esta terra, que demonstra a capacidade dos alagoanos e a possibilidade de nós superarmos nossas dificuldades históricas.

Anúncios