Lugar que ainda vou conhecer, se Deus quiser III. Hong Kong

Nunca fui especialmente atraído pelo continente asiático. Considero-me muito ocidental, com todas as coisas boas e ruins que isto representa.

Talvez exatamente por isto Hong Kong sempre me achou atenção: moderna, pujante, com arranha-céus próximos das nuvens, é uma cidade que sempre quis conhecer. Hoje, faz parte da China, mas mantém uma certa autonomia.

Apesar de ser um dos lugares mais urbanizados do mundo, consegue manter uma qualidade de vida invejável: alta expectativa de vida, IDH elevado, baixa corrupção.

Tal qual as maravilhosas Rio de Janeiro, São Francisco e Cidade do Cabo, também consegue integrar com harmonia o urbano ao meio ambiente.

Meio termo entre o antigo e o moderno, o Ocidente e o Oriente, o capital e o social, é uma cidade que gostaria imensamente de conhecer.

Anúncios