Este fim de semana estamos partindo para o Velho Mundo com um grupo de mais de 50 alagoanos, na 2ª edição da viagem cultural às universidades europeias.

Além de visitar estas instituições quase milenares, que surgiram na Idade Média e tanto influenciaram a cultura e a ciência de todo o mundo, difundindo seus ideais que tanto contribuiram para o desenvolvimento da humanidade, também iremos aproveitar tudo o que pode oferecer as cidades que abrigam estas universidades.

Cidades como Coimbra, Salamanca, Oxford, Cambridge, Bolonha, Heidelbeg, Montpellier, Módena, Pavia, Freiburg, Göttingen, Santiago de Compostela, dentre tantas outras, são lugares maravilhosos para se conhecer e desfrutar de seus encantos.

Estas cidades têm, além de um rico patrimônio histórico, uma vida cultural muito agitada, já que reúnem milhares de estudantes, muitos deles vindos de outros países, o que torna estas cidades em torno de 200 mil habitantes mais cosmopolitas que muitas metrópoles. Seja de dia ou de noite, sempre há o que fazer: cinema, teatro, shows, festivais, bares, parques, praças, esportes, etc…

Recomendo àqueles que querem fazer uma imersão na Europa, de repente para estudar uma língua estrangeira, que escolham uma cidade universitária: tem o tamanho ideal (nem muito grande, nem muito pequena) e sabem acolher o estrangeiro. Jamais esquecerei meus tempos de Salamanca.

Também recomendo aqueles que querer vivenciar uma experiência europeia que aluguem um apartamento (ou mesmo um quarto em um) por um mês e sintam a atmosfera contagiante de viver em uma cidade universitária do Velho Mundo.

Passarei a mostrar algumas fotos destas cidades.

Coimbra (Portugal – universidade de 1290):

Imagem

Imagem

Imagem

Salamanca (Espanha – universidade de 1218):

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Heidelberg (Alemanha – universidade de 1386):

Imagem

Imagem

Bolonha (Itália – universidade de 1088):

Imagem

Imagem

Imagem

Oxford (Inglaterra – universidade de 1096)

Imagem

Imagem

Santiago de Compostela (Espanha – universidade de 1495)

Imagem

Imagem

Göttingen (Alemanha – universidade de 1737, com 44 prêmios Nobel)

Imagem

Imagem

Imagem

Cambridge (Inglaterra – universidade de 1209)

Imagem

Imagem

Montpellier (França – universidade de 1220):

Imagem

Imagem

Imagem

Estas são apenas algumas das muitas cidades universitárias europeias que recomendo uma visita, e, de repente, uma permanência maior, para estudo ou mesmo para experimentar o estilo de vida europeu, aliado com muita cultura e diversão.

Na 1ª edição da viagem cultural em 2012, visitamos Coimbra, Salamanca, Sorbonne (Paris) e Oxford. Nesta 2ª edição, o roteiro contempla mais uma vez Coimbra e Salamanca, e inclui Montpellier e Bolonha. Na próxima, em  primeira mão, já posso adiantar pelo menos uma novidade: vamos à Heidelberg, na Alemanha. Também planejamos fazer a 1ª viagem cultural aos EUA, onde visitaremos, dentre outros locais, as universidades de Harvard (Boston) e Yale (New Haven).

Cada dia mais, estamos provando que as pessoas têm sede de cultura, e nada melhor que uma viagem para ter acesso a isto.

Anúncios