De acordo com o site wikipedia, em termos geográficos, barra significa: ” uma formação geológica que pode ocorrer nas desembocaduras de canais, estreitos, estuários, rios e outros cursos de água, devido à acumulação de material de aluvião, paralelo à costa, na linha onde a corrente do curso de água e a do corpo onde este desemboca se equilibram. (…) Também se chamam barras às entradas estreitas dos portos, frequentemente obstruídas por este material aluvional, ou à foz de cursos de água”.

Apesar de sua pequena extensão territorial (o segundo menor Estado do Brasil), Alagoas possui um litoral relativamente extenso (230 km, maior que os litorais de Pernambuco, Sergipe, Paraíba, Paraná e Piauí).

Neste litoral voltado para o Atlântico (Alagoas ainda dispõe de mais de 200 km de costa do Rio São Francisco), existem inúmeros rios:Coruripe, Camaragibe, Manguaba, São Miguel, Santo Antônio, Maragogi, dentre outros). Neste belo litoral, ainda existem diversas lagoas (ou lagunas).

Tanto na foz dos rios como no encontro das lagoas com o mar, formam-se as barras de Alagoas, cuja beleza passamos a expor:

Duas Barras (Jequiá da Praia)

Barra do Camaragibe (Passo do Camaragibe)

Barra de São Miguel

Barra de Santo Antônio

Barra Grande (Maragogi)

Barra Nova

Pontal da Barra

Por sua vez, para a geografia, ponta ou pontal é um cabo que se estreita à medida que avança na direção do mar. Em Alagoas, há vários acidentes geográficos desta ordem:

Ponta Verde (Maceió)

Ponta do Jaraguá (forma o porto de Maceió)

Pontal do Coruripe

Pontal do Peba

Ponta do Mangue (Maragogi)

Anúncios