Em março de 2010, pela terceira vez, estava a caminho de Berlim. Na época, vivia na Espanha, onde estava fazendo meu doutorado. Na Semana Santa, existe uma espécie de recesso de duas semanas na Europa. Aproveitei e avisei amigos e familiares no Brasil de que esta seria uma ótima época para receber visitas e dar uma volta pela Europa. Resultado: seis pessoas resolveram vir e combinamos que faríamos o roteiro Berlim-Londres-Budapeste de avião e Barcelona-Riviera Francesa de carro. Foi uma diversão só.

Em Berlim, teríamos três dias, o que é apenas suficiente (não o ideal) para conhecer esta vibrante cidade. No primeiro dia, decidimos fazer o percurso dos Sightseeing-Bus, aqueles ônibus de dois andares, com áudio explicando os pontos turísticos e que dá a possibilidade de você subir e descer ilimitadas vezes no dia. Valeu a pena. Aliás, acho que já usei este ônibus em diversas cidades (Nova York, San Francisco, Barcelona, Paris, Londres, Palma de Mallorca, Berlim, Hamburgo, Copenhague, Estocolmo, dentre outras). Recomendo este ônibus sempre que você está em um a cidade grande ou mesmo quando você dispõe de pouco tempo para conhecer o lugar.

Fizemos várias visitas a locais emblemáticos em Berlim. Aproveito para destacar o que mais gosto de ver/fazer em Berlim:

a) Reichtag (Parlamento alemão): este prédio imponente mistura a arquitetura neoclássica com toques de modernismo, já que a cúpula é de vidro, de onde se tem vistas para o Parlamento (isto é que é transparência do Estado) e da cidade.

b) Catedral: belíssima construção, por dentro e por fora. Tem um dos maiores duomos do planeta.

c) Potsdamer Platz: é a parte high-tec da cidade. Lá está situado o Sony Center, com uma grande cúpula. Há vários telões, dando ao local um aspecto futurista. Lá se pode comer muito bem.

d) Monumento do Holocausto: um lugar que é um convite à reflexão.

e) Unter den Linden: a principal avenida da cidade, situada no antigo lado Oriental. Começa no Portão de Brandemburgo e vai até a Catedral. Neste boulevard, estão situadas inúmeras atrações turísticas, lojas de souvenirs, restaurantes, hotéis, etc. Sobre o que ver/fazer nesta linda avenida, sugiro dar uma olhada no post que criei sobre ela: https://culturaeviagem.wordpress.com/2013/02/25/ruas-e-avenidas-que-mais-gostei-iii-unter-den-linden-berlim/

A Unter den Linden nesta foto está no lado direito da foto: é o prolongamento do Tiergarten, o grande parque de Berlim.

f) Passeio de barco pelo rio Spree: passeio muito agradável, principalmente por mostrar o lado moderno de Berlim, com prédios da mais bela arquitetura, coimo a nova Estação Central de Trens (Hauptbanhof).

g) Gedächtiniskirche: trata-se de um igreja que foi bombardeada durante a II Guerra Mundial e os alemãs fizeram questão de não restaurar os estrago causados pela bomba. A tradução de seu nome significa Igreja da Memória: dá para saber porque.

Vejam como esta igreja era antes.

É isto. Berlim é uma cidade fantástica: com certeza, está entre as top 5 da Europa, pelo menos em minha opinião. Ela alia cultura, história, modernidade e diversão.

Anúncios