Na cidade mais romântica do mundo, há um lugar que inspira ainda mais os casais apaixonados: a Pont (ou Passerelle) des Arts, ou simplesmente, Ponte dos Cadeados. Localizada na região mais privilegiada da capital francesa, entre o Museu do Louvre e a Ile de la Cite (onde se situa a Notre Dame), a Pont des Arts tem trafego apenas para pedestres (daí ser uma passarela). Foi construída no início do século XIX, sendo a primeira ponte metálica de Paris.

Todavia, seu grande diferencial, entre as muitas pontes do Rio Sena (de fato, há outras mais bonitas, como a Alexandre III), reside na grande quantidade de pessoas que colocam cadeados nas grades da ponte.

Segundo a lenda, o casal que colocar um cadeado na ponte (devendo também inscrever seus nomes) e jogar a chave no rio Sena terá um amor eterno. Muitos acreditam nesta lenda, já que a ponte costuma ficar abarrotada de cadeados.

viagem-paris006

Como se pode ver nas fotos, há momentos em que a ponte está cheia de cadeados, outros nem tanto. Recentemente, foi noticiado que a Prefeitura de Paris estava retirando os cadeados, posto que estes vinham trazendo problemas para a manutenção da ponte, já que ladrões vinham retirando os cadeados, e para tanto, precisavam romper a grade. Vejam a reportagem:

http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2013/02/paris-retira-tradicionais-cadeados-de-amor-deixados-em-grandes-de-ponte.html

Se o Poder Público tem motivos relevantes para quebrar tão importante tradição, há uma grande discussão a respeito. A questão é que Paris, por esta e outras inúmeras razões, continua atraindo gente de todo o mundo, sendo a cidade mais visitada do planeta, com 25 milhões de turistas por ano. E eu não vejo a hora de retornar à Cidade Luz e também colocar um cadeado nela.

 

Anúncios