O vocação dos alagoanos para o mar é indiscutível. Hoje em dia, não há aquele que viva nesta terra que não sinta orgulho de suas belezas naturais e satisfação de poder contemplá-las todos os dias. Por sua vez, os que aqui fazem uma visita, de imediato se apaixonam por seus encantos.

A relação íntima dos alagoanos com o mar se deu de forma mais que natural, já que a maioria das pessoas que por estas terras já passou viveu no litoral, o que lhes permitiu uma aproximação maior das praias, que se tornaram as nossas praças, os nossos parques, um ambiente aberto ao público, totalmente democrático, onde todos se encontram. Em resumo: o espaço alagoano por excelência.

Em Maceió, esta realidade sempre se fez ainda mais presente. Lembrem-se que Maceió passou a ser a capital de Alagoas porque tinha um porto marítimo, ao contrário de Marechal Deodoro, banhada pela Lagoa Manguaba.

Entretanto, nem sempre as pessoas tiveram o hábito de frequentar as praias; ou nem sempre a ida à praia se destinava ao banho de mar. Estes costumes foram se incorporando ao dia a dia da cidade, conforme se vê nas fotos abaixo.

Quando as fotos passaram a ser coloridas, os tons da capital alagoana puderam ser captados.

Atualmente, as praias fazem cada vez mais parte do dia a dia do maceioense.

A cidade de Maceió cresceu nos últimos anos para ficar mais próxima de suas praias. Olhado as fotos deste post, fica fácil compreender porque isto aconteceu.