Boa parte dos países da América do Sul tem moedas que se chamam “peso”. É o caso da Argentina, Chile, Uruguai e Colômbia, onde após o nome “peso”, acrescenta-se a sua procedência. Ex.: peso argentino ou peso chileno. Por sua vez, outros países sul-americanos denominam suas moedas de dólar: é o caso do dólar do Suriname e do, dólar da Guiana. Em relação ao Equador, ele utiliza o dólar dos Estados Unidos como moeda, em uma situação bem peculiar no continente.

Já outros países da América do Sul, mostrando sua soberania, denominam suas moedas com nomes próprios, específicos. É o real do Brasil, o guarani do Paraguai, o bolívar da Venezuela e o sol do Peru.

Mas, para responder o título deste post, cabe destacar que na América do Sul existe um pedacinho da União Europeia: a Guiana Francesa, que é um departamento ultramarino da França, adotando, portanto, o euro como moeda.