Neste dia 27 de setembro de 2013, o site de busca de informações Google completa 15 anos de vida. O Google foi criado por Larry Page e Sergey Brin.

Como este blog deve muito de suas informações às pesquisas realizadas no Google, nada mais justo que homenageá-lo. Antes de tudo, convém destacar que, como tudo na vida, há vantagens e desvantagens trazidas pela tecnologia da informação, em especial, com o surgimento da internet, no que diz respeito ao aceso às informações de uma forma geral.

Se por um lado ficamos mais preguiçosos para ler livros na fonte, o que é um problema para a vida acadêmica (eu que sou professor sei bem disto, diante de tanto plágio), por outro passamos a ter nossa curiosidade cada vez mais aguçada, sem falar no fácil e imediato acesso aos dados que se pretende pesquisar. Sem dúvidas, as vantagens superam de longe as desvantagens.

Sobre a história do Google:

Google, o fenômeno, site de busca de informações e conteúdo predominante no Brasil, nasceu em Janeiro de 1996 em um projeto de pesquisa de Larry Page e Sergey Brin, pesquisadores estudantes de doutorado na Universidade Stanford. Os motores de busca convencionais demonstravam seus resultados na listagem de classificados em contagem de quantas vezes os termos de busca apareciam na primeira página, os dois pesquisadores da Universidade, desenvolveram um sistema melhor que analisava as relações entre os sites existentes na rede da Internet a qual foi chamado pela nova tecnologia de Page Rank, determinando a relevância de um site, a qual era relacionado pelo número de páginas do site com a importância dessas páginas relacionadas à página oficial do site, ou seja, sua home. Os estudantes Larry Page e Sergey Brin originalmente apelidaram sua nova ferramenta de motor de busca como “BackRub”, pois o sistema nas buscas checava os backlinks para estimar a importância e a relevância do site. Através do motor de busca apelidado de “BackRub” eles modificaram o seu nome para “googol” a qual na próxima matéria da SW soluções em criação de sites e criação de hotsites com ênfase em otimização de sites iremos explicar o seu significado. O nome “googol” foi criado para indicar a quantidade de informações armazenadas que um motor de busca podia processar para demonstrar o imenso universo da Web. O nome Google foi criado e registrado através de um erro ortográfico da palavra “googol”.Na época O Google funcionou na Universidade Stanford com o domínio google.stanford.edu. O domínio Google foi registrado em 15 de setembro de 1997 e sua empresa nasceu em 4 de setembro de 1998.” (http://www.criacaoeotimizacaodesites.com/historia-do-google-surgimento-do-buscador.html)

Os números do Google são impressionantes mesmo: 100 bilhões de pesquisas mensalmente, 15% dos termos procurados nas buscas nunca foram pesquisados no Google antes,  20 bilhões de sites varridos diariamente pelo Google para atualização da base de dados utilizada nas buscas, 60 trilhões de endereços na internet já foram catalogados pelo Google, 2.400 km é quanto viaja em média uma informação do Google até chegar ao usuário, 146 idiomas são utilizados pelo Google, dentre outros (http://exame.abril.com.br/tecnologia/album-de-fotos/o-google-faz-15-anos-nesta-sexta-veja-numeros-do-buscador)

Quer mais números sobre o Google?

  • “A Google indexou 26 milhões de páginas quando foi lançada em 1998. Hoje, ela indexa 60 trilhões de páginas na web e cresce a cada dia.
  • A Google tinha uma média de 10 mil pesquisas por dia na época beta em 1998. Hoje, ela recebe cerca de 100 bilhões de pesquisas.
  • A companhia contratou seu primeiro empresa em setembro de 1998 e tinha 1.907 deles no começo de 2004. Em 2013 esse número pulou para mais de 40 mil.
  • O primeiro Doodle da Google foi publicado em 1998 mostrando que os fundadores Larry Page e Sergey Brin estava atendendo um festival de música. Desde então, tivemos mais de mil Doodles, incluindo o de hoje em comemoração aos 15 anos.
  • A primeira aquisição da Google foi a Deja.com, um site de discussões. Desde então, houveram mais de 100 aquisições.
  • Quando a Google entrou no mercado de ações, suas ações valiam US$85, hoje elas valem US$874, ou seja, mais de 10x de valorização
  • Antes, a Google tinha uma capitalização de mercado avaliado em um total de US$23 bilhões, esse número foi para mais de US$290 bilhões atualmente.
  • Foi reportado um rendimento de US$961,9 milhões para o ano de 2003. Em 2012 ela reportou um rendimento anual de US$50 bilhões.
  • Page e Brian, os fundadores da Google abriram uma conta bancária em setembro de 1998 com um cheque de US$100 mil do co-fundador da Sun Microsystems. Hoje, a fortuna de cada um deles é estimada em US$23 bilhões.
  • Desde que o Street View começou em 2007 com o objetivo de mapear o mundo e suas estrada, já tivemos mais de 6 milhões de milhas mapeadas por 3 mil cidades em 52 países.
  • Dois anos depois do lançamento do Google+, já temos mais de 500 milhões de usuários sendo 135 milhões ativos com esse número crescendo a cada dia.
  • Chrome foi lançado em 2008 e desde então passou o Internet Explorer e se tornou o browser mais popular do mundo com mais de 750 milhões de usuários.
  • A Google tinha 38% dos rendimentos vindos de propagandas móveis em 2011. Esse ano, é esperado que ela obtenha 53%, ou US$8,8 bilhões.
  • Quando comprado pela Google em 2006, o Youtube tinha cerca de 20 milhões de visitantes únicos por mês. Hoje, é reportado que receba 1 bilhão de visitantes únicos que assistem um total de 6 bilhões de horas de vídeo.” (http://www.tudocelular.com/google/noticias/n30389/15-anos-google-estatisticas.html)

Outros números:

– Entre 2004 a 2010 as ações da empresa tiveram uma valorização de mais de 600%;

– A receita da empresa passou de US$ 19 milhões , em 2000, para US$ 23 bilhões em 2009;

– Possui mais de 50 opções de ferramentas, produtos e serviços para empresas e usuários;

– Gera 87,8 bilhões de buscas por mês;

– 7.000.000.000 de page views por dia;

– É proprietário do segundo maior buscador do mundo, o Youtube”.

(http://www.convertte.com.br/os-numeros-impressionantes-do-google/)

Eric Schmidt, Larry Page e Sergey Brin, do Google

Os criadores do Google

Particularmente, sempre gostei de enciclopédias, e cresci em uma casa que tinha acesso a três delas (e seus vários e pesados volumes): Mirador, Delta Larouse e Universo. Acho que também daí surgiu meu gosto por Geografia, História, Artes, etc (sem falar no fato de minha mãe ser professora de Geografia). Tudo o que está escrito nas citadas enciclopédias não chega a 1% do que está disponível no Google, que me proporciona um amplo acesso a tudo que quero procurar: dos restaurantes aos filmes em cartaz no cinema; dos lugares que pretendo visitar nas próximas viagens a informações sobre a aula que pretendo ministrar.

Coincidentemente, estes dias fui assistir o filme Os Estagiários, uma boa comédia ambientada nas instalações do Google, na Califórnia (fotos abaixo)

Imagem do interior de um dos centros de dados do Google (Foto: Divulgação/Google)

Anúncios