Com o verão se aproximando, resolvi fazer este post sobre uma das praias que considero entre as mais paradisíacas do Brasil: a praia do Gunga. Localizada no litoral sul do Estado de Alagoas, no município de Roteiro, a praia do Gunga é pra lá de fotogênica. Entre a lagoa do Roteiro e o Oceano Atlântico, uma faixa de areia bem branquinha se destaca no mar de coqueiros.

A depender da época do ano, as cores da lagoa e do mar variam do verde ao azul, em seus vários tons. O acesso a este pedaço do paraíso pode ser feito por barco, a partir da Barra de São Miguel, ou por carro. Neste último caso, aproveite para subir no mirante e deslumbrar um visual único.

Sobre a praia do Gunga:

A praia do Gunga é formada por um conjunto de belezas naturais que chama a atenção de todos que visitam o local. O Gunga está localizado no município de Barra de São Miguel, a 33 km ao sul de Maceió, capital do estado de Alagoas. A praia é composta de águas calmas, verdes e cristalinas, areia branca e fofa e centenas de enormes coqueiros em toda sua extensão. Dois bicos de areia em forma de “cotovelos” dão a impressão de formar pequenas e aconchegantes praias, tornando o lugar ainda mais paradisíaco. Em sua ponta esquerda, onde avistamos a Barra de São Miguel, há o encontro do mar com as águas quentes e serenas da Lagoa do Roteiro. Este é o lado mais movimentado da praia, com mais de dez quiosques à disposição dos turistas, que servem diversas opções de porções e pratos, como peixes e lagostas. Na extremidade direita, encontramos as falésias, rochas íngremes esculpidas pela natureza, de areia colorida. Para chegar até elas, o turista pode optar em fazer o passeio de buggy ou fazer uma longa caminha pela praia quase deserta. Como se trata de uma propriedade particular, a praia tem cercas de proteção entre os coqueiros que costeiam toda a sua extensão, mas nem elas são capazes de tirar a beleza do lugar.

Há duas formas de chegar ao Gunga. A primeira é pelo porto de Barra de São Miguel, onde é possível pegar embarcações, como lanchas ou escunas, que levam à praia. A travessia leva em torno de 20 minutos. Para quem opta em ir de lancha, há dois outros tipos de passeios oferecidos e ambos saem às 8h. O primeiro inclui uma parada no aquário natural, piscinas formadas pelos arrecifes de corais que se encontram ao longo de toda a costa da Barra de São Miguel, e ancoragem nas Croas, grandes bancos de areias que se formam na foz da Lagoa do Roteiro.O segundo passeio também inclui os aquários naturais, depois passa pelos manguezais, localizado na Ilha de Três Corações, e em seguida nas falésias de areias coloridas, para depois desembarcar no Gunga. Em ambos os roteiros, o turista pode escolher o horário de retorno para a Barra, mas não pode ultrapassar às 17h. Há também a possibilidade de ir de carro e passar pela entrada da fazenda de cocos e atravessar a propriedade gratuitamente. Para entrar, basta se identificar e respeitar os pedidos de preservação do local. 

Outras opções de lazer são oferecidas na própria praia, como os passeios de jangadas e jet ski. Generosa com os pescadores, muitas pessoas escolhem o lado mais calmo da praia para praticar a pesca.À princípio não é possível ficar acampado no Gunga. Segundo um segurança do local, essa não é uma prática comum. Os turistas que desejam visitar a praia devem se hospedar em Maceió ou na Barra de São Miguel.” (http://viagem.uol.com.br/noticias/2013/01/08/dentro-de-propriedade-particular-praia-do-gunga-encanta-com-suas-belezas.htm)

Mirante:

Vista do mirante:

Lado da praia:

Após vários minutos de caminhada, chega-se a falésias e pequenas lagoas.

Lado da lagoa:

Fotos do Lopana Phoenix Fest, a maior festa náutica do país:

E você, o que está esperando para conhecer esta praia???