No dia 01 de junho de 2013, a cidade de Maceió atingiu a população de 996.736 habitantes (dados do IBGE, publicados no DOU do dia 28/08/13). É possível afirmar que hoje, dia 18 de março de 2014, 9 meses e 18 dias contados da citada data, a capital alagoana certamente já tem 1 milhão de habitantes.

Como se pode fazer a afirmação anterior se ainda não houve esta contagem oficial pelo IBGE? É simples: é só fazer projeções, verificando a média recente de crescimento da cidade (vide tabela abaixo, fonte: wikipedia):

Para exemplificar: se em 2011, eram 943.110 os residentes em Maceió e em 2013 este número sobe para 996.736 habitantes, constata-se que em dois anos, o aumento foi de mais de 50 mil pessoas na capital alagoana. Logo, pode-se concluir que da última medição (em junho de 2013) até a data de hoje, certamente o crescimento foi de mais de 3.264 pessoas, número necessário para atingir a cifra de 1 milhão de habitantes.

Logicamente este fato tem que ser registrado e não celebrado; o crescimento rápido de Maceió tem muitos significados: alguns poucos positivos e muitos outros preocupantes. Que saibamos refletir sobre todos eles.

Censo Pop. Crescimento
1872 27 703
1890 31 498 3 795
1900 36 427 4 929
1920 74 166 37 739
1940 90 253 16 087
1950 120 980 30 727
1960 168 055 47 075
1970 263 670 95 615
1980 399 298 135 628
1991 628 209 228 911
1996 723 142 94 933
2000 796 842 73 700
2007 874 014 77 172
2008 924 143 50 129
2009 936 314 12 171
2010 936 608 294
2011 943 110 6 502
Anúncios