Quem tem filho pequeno como eu deve estar habituado a ouvir mais músicas infantis que propriamente suas canções favoritas. Há pouco mais de um ano, tenho me pego cantando músicas da Galinha Pintadinha, do Patati-Patatá, dentre outros hits compostos para as crianças, mas que todos os pais, avós, tios e demais envolvidos com a criação dos pequenos sabem de có e salteado.

Entretanto, em termos de qualidade de música e letra, nada chega perto ao grupo Palavra Cantada. Formado pela dupla Sandra Peres e Paulo Tartit, o grupo tem 20 anos de carreira, mais de 10 discos e de 2 milhões de CD´s vendidos,e compõe a maioria de suas músicas. E que músicas!!! Confesso que me impressiona a qualidade do som, dos vocais, das letras, dos clipes, a preocupação pedagógica e as temáticas abordadas. E é para criança? Sim, mas se você é adulto certamente também irá gostar.

Quem ainda não conhece não sabe o que está perdendo. Curta minhas favoritas (Eu sou um bebezinho, Rato, Quando eu era um peixinho e Água).

A história e perfil musical da Palavra Cantada, nas palavras de Ana Lúcia Santana:

“Palavra Cantada é um selo infantil e também um grupo musical instituído pelos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit, em 1994, o qual tem por fim elaborar uma musicalidade específica para as crianças, a um só tempo contemporânea, prazerosa e poeticamente inspiradora. Suas músicas são intensas, bem desenvolvidas não só no conteúdo, mas também na forma como são compostos os arranjos e as gravações.

Este grupo prima pela educação infantil musical, o que lhe possibilitou angariar um público fiel entre pais, filhos e educadores, pois sua produção tem livre entrada no ambiente escolar de várias partes do Brasil, pelo seu zelo qualitativo com as letras, melodias e arranjos, e sua poesia de caráter pedagógico, que leva em conta o intelecto e as impressões sensoriais típicas da infância.

O Palavra Cantada já traz em sua bagagem doze CDs e quatro DVDs, transcendendo o marco de  um milhão de CDs comercializados. Entre estes trabalhos estão Canções de Ninar, de 1994, primeiro de muitos; Canções de Brincar, lançado em 1996; Mil Pássaros, de 1999; Meu Neném, que veio a público em 2003; o CD e DVD “Palavra Cantada 10 anos, de 2004; Pé com Pé, lançado em 2005; Palavra Cantada Tocada, de 2008, entre outros. Os shows deste grupo se distinguem principalmente pela performance no palco, durante a qual eles se valem de técnicas teatrais mescladas às musicas apresentadas, e normalmente estes espetáculos demandam uma maior interação com o público. A principal meta do grupo, porém, com o auxílio destes recursos, é propiciar uma formação de qualidade para as crianças, que não devem ser desprezadas pela cultura moderna.

Em 2006 o Palavra Cantada criou, na Rádio Eldorado FM, de São Paulo, o programa intitulado ‘Siricutico’, atualmente transmitido pela USP FM; nele o grupo privilegia o ouvinte com uma ampla variedade musical, com o objetivo de aprimorar as relações entre adultos e crianças através da música. Talvez por esta razão a colheita de seus frutos tenha sido maior do que a esperada, atingindo não só o público-alvo, a infância, mas também as gerações mais antigas. Geralmente suas apresentações são prestigiadas não só pelas crianças, mas também por seus familiares; todos se entretêm e expressam sua emotividade. Inúmeras instituições escolares, tanto no âmbito público como no privado, aderiram às obras do Palavra Cantada no dia-a-dia dos alunos.

Também os críticos têm aclamado este selo musical, que já completou quinze anos de existência, com artigos elogiosos e premiações significativas: Prêmios SHARP pelos trabalhos ‘Canções de Ninar’ (1994), ‘Canções de Brincar’ (1996), ‘Canções Curiosas’ (1998); o CARAS pelo CD-Livro ‘Canções do Brasil’ (2001); e o TIM pelo ‘Pé com Pé’ (2005). Este reconhecimento estimulou ainda mais o grupo a produzir em conformidade com suas metas educativas, assumindo este processo de criação como uma árdua tarefa, afinal, aliar qualidade com êxito de vendas não é algo fácil de se conquistar no mundo globalizado dominado pela cultura de massa”.

(http://www.infoescola.com/musica/palavra-cantada-musica-para-criancas/)

Sobre Sandra Peres:

“É pianista e compositora, formada pela Faculdade de Música do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. Em 1986, em Paris, fez o curso completo de Análise de Composição Cotemporânea no IRCAM. De volta ao Brasil, se dedicou por dois anos ao curso de Musicoterapia na Universidade Marcelo Tupinambá. Nos anos 90, criou com Paulo Tatit o selo Palavra Cantada, que já tem vinte CDs lançados (quatro deles vencedores do Prêmio Sharp de Disco Infantil). Nesses discos a dupla convida músicos do país inteiro para acompanhá-los, assim como nos shows que já fizeram em turnês por vários estados brasileiros”. (fonte: http://www.letras.com.br/#!biografia/sandra-peres)

Trecho de uma entrevista com Paulo Tatit:

“MIDIATIVA – O Palavra Cantada veio suprir uma lacuna, fazendo música infantil de qualidade que agrada não só aos filhos, mas também aos pais. Por que você acha que existe tão pouca música de qualidade feita para crianças no Brasil?

PAULO TATIT – Existe muita música infantil no Brasil. Eu recebo muitos CDs, de diversas partes do país. Mas de fato tem pouca gente que tem uma vivência em outras áreas que não seja a infantil, e experiência em produção musical. Eu, a Sandra, o Hélio, nós somos produtores musicais, e isso faz diferença. Às vezes, o músico que apenas compõe não vai adiante com a composição para dar uma cara, para enxugar, depurar a música antes de mostrar ao público. Como produtores, nós fazíamos música para vídeo, para balé, para teatro e para TV, e você adquire um pensamento de produção mais amplo, que toma mais cuidado com a forma, os timbres. Eu e a Sandra procuramos fazer um trabalho mais experimental, evitamos cair no lugar-comum.

(…)

MIDIATIVA – Você pensa em temas específicos para compor?

PAULO TATIT – Às vezes eu fico pensando muito tempo sobre um tema, como a música “Eu”, em que eu queria falar sobre a ascendência familiar, essa coisa das coincidências que têm que acontecer pra gente nascer. Eu levei essa sensação para a música, a música até fala “eu não teria nem bisavô, nem bisavó, nem avô, nem avó, nem pai, nem mãe”, se não fosse uma determinada coisa que aconteceu há muito tempo e fez com que os bisavós se conhecessem! A gente trabalha mais o lado existencial (de onde viemos, quem eu sou), e do adulto como uma fonte de experiência, que ensina alguma coisa para a criança.” (fonte: http://www.midiativa.tv/blog/?p=352)

Discografia

CD Canções de Ninar (1994)

CD Canções de Brincar (1996)

CD Cantigas de Roda (1996)

CD Canções Curiosas (1998)

Livro/CD MilPássaros (1999)

Livro/CD Noite Feliz (1999)

CD Canções do Brasil (2001)

CD Meu Neném (2003)

CD e DVD Palavra Cantada 10 anos (2004)

DVD Clipes da TV Cultura

CD Pé com Pé (2005)

DVD Canções do Brasil (2006)

DVD Pé com Pé (2007)

CD Carnaval Palavra Cantada (2008)

Palavra Cantada Tocada (2008)

CD Canciones Curiosas – Palabra Cantada en Español (2008)

Coleção ”O Livro de Brincadeiras Musicais da Palavra Cantada” (2010)

DVD “Vem Dançar com a Gente” (2011)

DVD e Blu-ray “Palavra Cantada 3D – show Brincadeiras Musicais” (2011)

CD UM MINUTiiiiNHO! (2012)

Anúncios