Em tempos de Copa do Mundo de Futebol, uma das palavras (na verdade, sigla) que mais se ouve em todo o planeta é FIFA (Fédération Internationale de Football Association). Esta entidade, criada em 1904 e com sede em Zurique (foto acima), agrega o futebol de campo (futebol associado), futebol de areia (ou de praia) e o futsal.

Segundo o site da FIFA: “Com 209 federações afiliadas, o órgão máximo do futebol mundial é corretamente apelidado de “ONU do futebol”. Somente entre 1975 e 2002, mais de 60 federações foram admitidas como membros. A FIFA oferece ajuda financeira e apoio logístico às federações por meio de diversos programas, garantindo-lhes assim vários direitos e privilégios consideráveis. Por outro lado, também há várias obrigações. Como representantes da FIFA nos seus países, elas precisam respeitar os estatutos, os objetivos e os ideais da entidade que rege o futebol mundial. Além disso, devem promover e administrar o esporte de acordo com esses princípios“. (fonte: http://pt.fifa.com/aboutfifa/organisation/associations.html)

Vale lembrar que há 209 filiadas para o futebol masculino, mas apenas 129 para o futebol feminino.(fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Federa%C3%A7%C3%A3o_Internacional_de_Futebol)

Para entender o grande número de filiados da Fifa, veja a matéria abaixo (que já está defasada em relação ao número de filiados à associação mundial do futebol):

É verdade que a Fifa tem mais filiados que a ONU? Sim, por incrível que pareça é verdade. A Fifa conta hoje com 204 filiados, contra 191 da Organização das Nações Unidas (ONU) e 202 do Comitê Olímpico Internacional (COI). Mas como uma simples entidade esportiva arranjou mais países que uma organização geral, aberta a todas as nações, até àquelas que não gostam de futebol? Bem, aí os cartolas internacionais tiveram que usar um pouco do famoso “jeitinho brasileiro”. É que em 1974 a Fifa passou a ser presidida pelo nosso compatriota João Havelange, que adotou uma estratégia radical de conquistar novos filiados. Valia até mesmo atrair membros que não eram exatamente reconhecidos como países.

Hoje, por exemplo, entre os 204 filiados, há as Ilhas Faroe, uma possessão da Dinamarca, e a Palestina, que oficialmente não é um país. Ilhas Turks e Caicos, Montserrat, Ilhas Cook, Samoas Americanas e Macau também são outros membros que disputam as competições da entidade máxima do futebol, mas que não participam da ONU.

Mas não foi só com “seleções lado B” que a Fifa levou vantagem. Até 2002, a Suíça, que já foi sede de Copa do Mundo (em 1954), não era filiada à ONU- por uma decisão política, para preservar a tradicional neutralidade do país.

Fundada em 1904, pelos franceses Jules Rimet e Robert Guérin e pelo holandês Wilhelm Hirschmann, a Fifa completa este mês 100 anos de vida. E a grande festa vai acontecer no próximo dia 20 de maio, com um amistoso imperdível entre Brasil e França.

Pela equipe da revista Placar*” (fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/e-verdade-que-a-fifa-tem-mais-filiados-que-a-onu)

De acordo com o Guia dos Curiosos:

“(…)os países associados à FIFA que não são membros das Nações Unidas: Anguila, Antilhas Holandesas, Aruba, Bermudas, China Taipei (Taiwan), Geórgia, Guam, Hong Kong, Ilhas Cayman, Ilhas Cook, Ilhas Faroe, Ilhas Virgens Americanas, Ilhas Virgens Britânicas, Macau, Montserrat, Nova Caledônia, Palestina, Porto Rico, Samoa Americana, Taiti e Turks e Caícos. Da mesma forma que há países da lista da FIFA que não aparecem na da ONU, o mesmo acontece no lado contrário. Os países membros da ONU que não são filiados à FIFA são: Ilhas Marshall, Kiribati, Micronésia, Mônaco, Nauru, Palau“. (fonte: http://guiadoscuriosos.com.br/blog/2010/05/12/que-paises-estao-na-fifa-e-nao-estao-na-onu/)

Todavia, curiosamente, existem entidades que superam a própria Fifa quando o assunto é reconhecimento de países. É o caso da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), com 212 entidades filiadas. Entretanto, nNeste tocante, o capitalismo é que fala mais alto:

Mais impressionante que o número de países filiados à FIFA, apenas o número de países reconhecidos pelas principais operadoras de cartão de crédito. Segundo dados da operadora MASTERCARD, existem 210. Para a VISA, o número de estados é ainda maior: 249.” (fonte: http://www1.colegiorecanto.com/artigo/artigoDefault/view/id/151/titulo/A_FIFA_tem_mais_paises_associados_que_a_ONU)

Anúncios