Quem foi que disse que visitar museu é uma atividade prazerosa apenas para aqueles que gostam de arte ou de antiguidades? Para quem não sabe, no mundo inteiro, há excelentes museus dedicados àqueles que são apaixonados por carros. Na Itália, por exemplo, há o Museu da Ferrari, em Maranelo, visitado por mais de 200 mil pessoas todos os anos.

Todavia, quando o assunto é museus de automóveis, nenhum país tem tantos e tão bons museus dedicado ao tema como a Alemanha. Sobre esta afirmação, vejam a reportagem abaixo:

Onde o automóvel tem a sua Meca – eu vou para lá: A rota alemã dos museus

A rota alemã dos museus reúne desde o norte da Alemanha até os Alpes no sul com mais de 200 museus de automóveis e motocicletas, toda a paixão coletiva dos entusiastas do automóvel e a variedade concentrada da história automotiva.

A fascinante história de mais de 500 marcas de automóveis que existiram uma vez na Alemanha e das quais apenas uns poucos exemplares sobraram é uma viagem interessante não só para os fãs de carros antigos. A plenitude dos tesouros móveis em museus e coleções da Alemanha inclui tudo o que é motorizado e que se pode mover sobre as estradas, como carros de todos os tipos, motocicletas, ciclomotores, bicicletas com motor auxiliar, veículos especiais, como os veículos da polícia e dos bombeiros, como também veículos a vapor e elétricos. Claro, alguns museus incluem, além disso, outros meios de transporte, como trens ou aviões. Os museus das fábricas como VW, Audi, BMW, Porsche, Daimler, Museum August Horch em Zwickau, museu do carro protótipo em Hamburgo, os museus de Speyer e Sinsheim, museus do transporte em Munique ou Dresden são apenas alguns representantes nesse setor. Os locais também são diferentes: Estábulos de castelos, celeiros restaurados, antigas fábricas ou armazéns modernos. Aí está o grande encanto: Sempre há outros temas principais, outras representações foram encenadas, nenhum museu é como o outro. Além disso, há também muitos eventos individuais e frequentemente outros destaques no local. Onde mais a cena do museu do automóvel pode ser compreendida melhor e de forma transparente com aproximadamente 20.000 peças, e os seus 125 anos de história de desenvolvimento contínuo do que na rota alemã dos museus?” (fonte: http://www.germany.travel/pt/tempo-livre-e-descanso/rotas-de-ferias/rota-alema-dos-museus.html)

Em relação aos principais museus de automóveis da Alemanha, destacamos três:

Museu BMW (Munique — Alemanha) – Criado em meados dos anos 70, o museu consiste em uma coleção de 120 modelos. É dividido em áreas que servem para contar a história da marca e de seus modelos. A exposição é fixa, mas também são realizada mostras abertas ao público.

Museu Porsche (Stuttgart — Alemanha) – Este é para os fãs do Porsche. Inaugurado em 2009, o museu reúne 80 modelos da marca entre clássicos e modernos. São cerca de 5600 m² destinados aos veículos e áreas especiais.

Museu Mercedes-Benz (Stuttgart — Alemanha) – A Mercedes-Benz também tem um museu exclusivo para a marca. Inaugurado em 2006, o local conta em seu acervo mais de 160 veículos, incluindo carros, ônibus e caminhões. Um dos destaques estão o “Papamóvel”, utilizado por João Paulo II e o ônibus da seleção alemã na Copa do Mundo de 1974, campeã daquele ano, entre outros”. (fonte: http://www.lidercar.com.br/2014/09/05/da-ferrari-ate-james-bond-confira-os-maiores-museus-de-carros-mundo/)

Fotos dos citados museus, cujos prédios, por si só, já são verdadeiras atrações turísticas:

Museu da Mercedes-Benz (Stuttgart)

Museu da Porsche (Stuttgart):

BMW Welt und Museum (Munique):

Anúncios