Poucas cidades têm tanta relação com as águas como Maceió: suas praias, lagoas, enseadas e piscinas naturais estão presentes de forma muito intensa na vida dos maceioenses, e a beleza destes lugares é declamada em canções e poesias.

Neste contexto, há uma praia que pode ser considerada precursora da relação entre os maceioenses e o mar: a Praia da Avenida (da Paz, Duque de Caxias). Durante a primeira metade do século XX, era praticamente a única frequentada pelos moradores da cidade (ainda não havia turistas em Maceió).

Foi lá que surgiram os primeiros clubes e hotéis da capital alagoana. A proximidade da praia com as regiões central e portuária da cidade, aliada ao fato de que os principais bairros residenciais ficavam na planície costeira, fazia com que a Praia da Avenida tenha sido a primeira a ser descoberta pelos maceioenses.

Apesar de ainda ser belíssima, hoje, infelizmente, devido à degradação ambiental, a Praia da Avenida não é mais tão frequentada como outrora. Esta circunstância reclama a atuação dos Poderes Públicos e da sociedade alagoana, no sentido de recuperar a diginidade desta dádiva da natureza que o homem está conseguindo destruir.

Ultimamente, a Praia da Avenida vem procurando assumir uma vocação mais comercial, abrigando prédios empresariais e repartições públicas. Aliás, Maceió é a única capital brasileira que tem um centro à beira-mar.

As fotos abaixo mostram o passado glorioso desta praia.

Abaixo, nesta foto aérea, vê-se que a Praia da Avenida se situa na enseada norte.

Fotos antigas da Praia da Avenida:

Imagens já coloridas das décadas de 70 e 80.

Atualmente:

Para ver imagens atuais da praia:

http://www.praias-360.com.br/alagoas/maceio/praia-da-avenida#.VILymtLF8b0