Ao assistir um vídeo na internet em que uma criança cantava maravilhosamente bem uma versão da Ave Maria, dei-me conta de que existem diversas composições da música clássica que utilizaram o texto em latim da oração dedicada à Mãe de Jesus. As mais famosas foram compostas por Bach/Gonoud e Schubert. Qual será a versão mais bonita? Embora as duas sejam lindas, gosto muito da versão de Bach/Gonoud. Conheça a história por trás destas composições e aprecie belíssimas interpretações:

AVE MARIA DE BACH E GONOUD:

Esta versão musicada da Ave Maria em latim é de Johann Sebastian Bach e Charles Gonoud. Já foi gravada por grandes nomes da música mundial, como Maria Callas, Pavarotti, José Carreras, Andrea Bocelli e Karen Carpenter. Abaixo, duas apresentações de crianças. Duas lindas vozes cantando uma das mais belas músicas já criadas. Confira:

Jackie Evancho (nascida em 08 de abril de 2000, Holanda):

Amira Willighagen (27 de março de 2004, Holanda), vencedora em 2013 do programa de TV “Holland got talent”:

Texto da Ave Maria em latim:

“Ave Maria
Gratia plena
Dominus tecum
Benedicta tu in mulieribus
Et benedictus fructus ventres
Tui Jesus

Sancta Maria, Sancta Maria

Maria
Ora pro nobis
Nobis peccatoribus
Nunc et in hora, in hora
Mortis nostrae
Amen, Amen”

Sobre esta composição:

A Ave Maria de Bach/Gonoud é uma das composições mais famosas e gravadas sobre o texto em latim da Ave Maria. A peça é composta por uma melodia do compositor romântico francês Charles Gonoud especialmente projetado para ser sobrepor o Prelúdio No. 1 em C maior, BWV 846, do Livro I de J.S. Bach, O Cravo Bem Temperado, escrito cerca de 137 anos antes. Embora publicado em versões instrumentais e equipado para vários textos durante a vida de Gounod, a alegação de que ele nunca a escreveu realmente parece ser literalmente verdade. De sogro Gounao Pierre-Joseph-Guillaume Zimmermann transcreveu a improvisação e em 1853 fez um arranjo para violino (ou violoncelo), com piano e harmônio. No mesmo ano, a canção apareceu nas palavras de Alphonse de Lamertine no poema Le livre de la vie (“O livro da vida”). Em 1859 Jacques Léopold Heugel publicou uma versão o texto em latim. A versão do prelúdio de Bach utilizado por Gounod tem a adição de uma medida (m.23), encontrada apenas no manuscrito de Christian Friedrich Gottlieb Schwencke e na edição impressa de Nikolaus Simrock que baseou-se nela, mas não nos outros manuscritos de Bach ou o a obra impressa do acadêmico Bischoff ou G. Henle Verlag Urtext .” (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ave_Maria_%28Bach/Gounod%29)

AVE MARIA DE SCHUBERT:

Por sua vez, em relação à Ave Maria de Franz Schubert:

Ellens dritter Gesang (Ellens Gesang III, D839, Op. 52 n º 6, 1825), Terceira Música de Ellen em português, foi composta por Franz Schubert em 1825 como parte de seu Opus 25, uma configuração de sete canções do poema épico popular de Walter Scott, A Dama do Lago, livremente traduzido do alemão. Tornou-se uma das obras mais populares de Schubert, sob o título de “Ave Maria”, em arranjos com letras diferentes que geralmente diferem do contexto original do poema.

As palavras de abertura e o coro da canção de Ellen, a saber, “Ave Maria” pode levar à idéia de adaptar a melodia de Schubert, como base para o texto completo da tradicional oração católica Ave Maria. A versão latina da Ave Maria possui agora o uso comum com a melodia de Schubert que deu origem ao equívoco de que originalmente ele escreveu a melodia como um arranjo para a Ave Maria.

Vários cantores gravaram a versão em latim de Ave Maria definido para Ellens dritter Gesang: Joan Baez, Stevie Wonder, Perry Como, José Carreras, Luciano Pavarotti, Aaron Neville, Frank Patterson, Andrea Bocelli, Barbra Streisend, Chatecler, Kousuke Atari, Mylène Farmer, Il Divo, Vitas, entre outros.” (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ellens_dritter_Gesang)

Elena House:

Margaret Windler:

Abaixo a letra da música:

Ave Maria Gratia plena
Maria Gratia plena
Maria Gratia plena
Ave, ave dominus
Dominus tecum
Benedicta tu in mulieribus
Et benedictus
Et benedictus fructus ventris
Ventris tuae Jesus
Ave Maria
Ave Maria Mater Dei
Ora pro nobis peccatoribus
Ora, ora pro nobis
Ora ora pro nobis peccatoribus
Nunc et in hora mortis
In hora mortis nostrae
In hora mortis, mortis nostrae
In hora mortis nostrae
Ave Maria

Sobre a história das Ave Maria, um excelente texto:

A Ave Maria é uma oração da Igreja Católica de saudação a Maria. Foi escrita originalmente em Latim, baseada do Evangelho de Lucas. Com o passar dos anos, ela foi traduzida para vários idiomas. (…) A Ave Maria de Gounod/Bach é uma das composições mais famosas e gravadas sobre o texto em Latim de Ave Maria, escrito pelo compositor Charles Gounod em 1859. Ele escreveu Ave Maria usando como base a harmonia e a textura do prelúdio nº 1 em Dó Maior do livro I de O Cravo Bem Temperado, composta por Bach, cerca de 137 anos antes. Gounod adiciona um compasso de modo a suavizar a mudança rápida da harmonia do prelúdio.

Primeiramente escreveu uma melodia sobre o prelúdio de Bach, a qual deu o nome de meditação, Gounod uniu o texto de Ave Maria a esta melodia e dedicou a sua namorada. Conhecida como Ave Maria de Gounod, deveria ser também conhecida com Ave Maria de Gounod e Bach. A curiosidade é que Bach é um dos principais compositores protestante da História. Gounod no final de sua vida se dedicou a música religiosa, chegando a compor o Hino do Vaticano. A música é então uma parceria entre um protestante e um católico.

A popular canção católica Ave Maria de Franz Schoubert, na verdade, originalmente, não tinha a letra do Ave Maria em Latim. A letra faz menção à uma canção do poema épico popular de Walter Scott (A Dama do Lago), em uma tradução alemã por Adam Storck e portanto, faz parte do Liedrzyklus Vom Fraulein Vom See (Ciclo de canções para A Dama do Lago), de Schoubert em 1825. A letra refere-se a Ellens Gesang III (a terceira canção de Ellen – Hino à Virgem). As palavras de abertura e o refrão da música de Ellen, o Ave Maria, pode ter levado a ideia de adaptação da melodia de Schoubert como uma definição para o texto integral da tradicional oração católica Ave Maria. A versão latina do Ave Maria é agora tão frequentemente usada com a melodia de Schoubert que levou ao equívoco de se pensar que originalmente a melodia foi feita para o Ave Maria.” (fonte: http://www.blogdopilako.com.br/wp/2013/09/12/curiosidades-musicais-a-historia-das-ave-marias/)