O disco é de 1988 (“Ouça o que eu digo: não ouça ninguém”); a música (“Tribos e tribunais”) foi composta por Humberto Gessinger e Augusto Licks.  Considero esta música bem interessante, representativa da primeira fase da banda gaúcha. Concordo com várias passagens da letra provocativa (não todas), em especial, acho perfeito quando ela desconfia de “pessoas que nunca aparecem
 ou aparecem demais

Para os Engenheiros do Hawaii, que sempre foi uma de minhas bandas preferidas, há algumas situações que realmente são difíceis de engolir: “crimes passionais”, “heróis de guerra”, “guerra pela paz”, “segredos de Estado”, “centroavante recuado”, “estátuas de generais”, “empresas sem fins lucrativos”, “empresas que lucram demais“,  tudo isto, como diz música, “me sugere muita sujeira, isto não me cheira nada bem“.

Sem querer polemizar, o curioso é que, em 1988, antes mesmo de uma determinada pessoa (Lula) ter se candidatado a presidente da República pela primeira vez (em 1989), os Engenheiros já desconfiavam (e talvez já previssem profeticamente) de “presidente operário“. Mas será que a previsão era para Lula ou para Lech Walesa, sindicalista que se tornou presidente na Polônia em 1990? E antes dos atuais escândalos da Petrobrás, já não viam com bons olhos as “empresas estatais“.

E vamos relembrar:

Versão de estúdio:

Versão ao vivo:

Tribos e tribunais

Todo dia a gente inventa uma alegria
A gente esquenta a água fria
E ignora a bola fora

Toda hora a gente dá um desconto
A gente faz de conta
Mas chega a um ponto em que ninguém mais quer saber

Crimes passionais
Profissionais liberais demais
Segredos de estado
Centroavante recuado

Refrão:
Isso me sugere muita sujeira
Isso não me cheira nada bem
Tem muita gente se queimando na fogueira
E muito pouca gente se dando muito bem

Isso me sugere muita sujeira
Isso não me cheira nada bem
Tem muita gente se queimando na fogueira
E muito pouca gente se dando muito bem

Agente secreto
Agente imobiliário
Gente como a gente
Presidente-operário

Empresas estatais
Estátuas de generais
Heróis de guerra
Guerra pela paz

Hindus, industriais
Tribos e tribunais
Pessoas que nunca aparecem
Ou aparecem demais

[Refrão]

Críticos da arte
Arte pela arte
Pink Floyd sem Roger Waters
Forma sem função

Fascista de direita
Fascista de esquerda
Empresas sem fins lucrativos
Empresas que lucram demais

Todo dia a gente inventa e fantasia
A gente tenta todo dia
Feitos cegos
Egos em agonia

Isso me sugere muita sujeira
Isso não me cheira nada bem
Isso me sugere muita sujeira
Isso não me cheira nada bem
Isso me sugere muita sujeira
Isso não me cheira nada bem, não, não

Anúncios