Você sabia que pelo menos quatro cidades alagoanas abrigam estátuas dedicadas ao Cristo Redentor? Seja situada na montanha, na praia ou na praça, a imagem segue uma tendência nacional (e até mesmo mundial) ao copiar a famosa escultura do Rio de Janeiro.

Os Cristos Redentores de Alagoas estão em:

Pão de Açúcar:

Sobre o Cristo da cidade alagoana situada às margens do Rio São Francisco, diz o wikipedia:

Semelhante ao monumento erguido no morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, o Cristo de Pão de Açúcar foi inaugurado no dia 29 de janeiro de 1950. Obra do escultor João Lisboa, nascido na cidade, o monumento mede 14,80 cm de altura com o pedestal, sendo a imagem de 10m. A ideia de construir o Cristo no morro do Cavalete, onde já existia um cruzeiro, erguido nas comemorações da chegada do século XX, foi de Ernesto da Silva Pereira que durante dois anos movimentou a cidade arrecadando donativos para construir a estátua. Do alto do Cristo, pode-se ver toda a cidade, o São Francisco, as diversas praias e a comunidade de Niterói, localizada na outra margem do rio. A semelhança com o Rio de Janeiro tem despertado a curiosidade da imprensa e, nos últimos anos, rendido várias reportagens nas grandes redes de TV, diários e revistas do país, inclusive na National Geographic Brasil” (fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A3o_de_A%C3%A7%C3%BAcar_(Alagoas))

Ainda sobre as atrações de Pão de Açúcar, já dissemos outrora que:

Como todos sabem, alguns dos principais ícones do turismo brasileiro estão situados no Rio de Janeiro. A cidade maravilhosa abriga o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Praia de Ipanema, tem ainda Niterói, do outro lado da Baía de Guanabara, dentre outro locais emblemáticos para o Brasil. O que pouca gente sabe é que no Sertão de Alagoas, há uma cidade situada às margens do Rio São Francisco que também tem os mesmos cartões-postais da capital fluminense. Na verdade, o nome da cidade já é um deles: Pão de Açúcar. Lá, podemos encontrar uma estátua do Cristo Redentor (construída em 1950), situada no alto de um morro a beira-rio. Abaixo, a praia de Ipanema. Para completar, do outro lado do Rio São Francisco, já em Sergipe, encontra-se a comunidade de…Niterói, é claro.” (fonte: https://culturaeviagem.wordpress.com/2013/07/19/cristo-redentor-pao-de-acucar-niteroi-e-praia-de-ipanema-tudo-isto-no-sertao-de-alagoas/)

Palmeira dos Índios:

Na Princesa do Sertão, destaca-se na paisagem o Cristo do Goiti. Sobre este famoso monumento da cidade onde Graciliano Ramos foi prefeito:

O Cristo de Goití recebe esse nome por estar localizado no topo da Serra do Goiti, a mais de 570m de altitude. A região possui esse nome devido a quantidade da árvore goitizeiro ou oitizeiro, cujo fruto é o oiti. Erguida em 1976 e inaugurada em 1979, a estátua é um dos principais cartões postais do município de Palmeira dos Índios e atrai inúmeros turistas que ficam fascinados com a visão proporcionada do alto da serra.  Sob os seus pés, todos os anos, é realizado o mais tradicional espetáculo da Paixão de Cristo de Alagoas. A peça é encenada há mais de 10 anos.” (fonte: http://www.palmeiradosindios.al.gov.br/Turismo)

Mar Vermelho:

Na Suíça Alagoana, há uma estátua do Cristo Redentor em uma belíssima praça da parte mais alta da cidade. Se em Pão de Açúcar quem for visitar a estátua de Cristo “sofre” com temperaturas de mais de 35 graus, em Mar Vermelho não será raro o turista sentir um friozinho de 15 graus.

MAR VERMELHO-AL-CRISTO REDENTOR NA ENTRADA DA CIDADE-FOTO:FRANCISCO ELLYSON OLIVEIRA - MAR VERMELHO - AL

Japaratinga:

Na cidade do litoral norte do Estado, está localizada a menor estátua do Cristo Redentor de Alagoas (mas provavelmente a de vista mais bonita). Fica no mirante da Pousada Paraíso dos Coqueirais.

Anúncios